Como ensinar qualquer coisa a qualquer pessoa

Por Abraham Shapiro

Como treinar pessoas a desenvolverem qualquer atividade? Esta questão aterroriza gestores em todas as empresas quando exercem a sagrada missão de expôr a seus iniciantes uma nova função ou responsabilidade.

Só falar não resolve. Só praticar, também não. É um tanto complexo! Exige que se empregue um critério capaz de produzir resultado rápido e inteligente, que fixe o conhecimento na mente do colaborador.

Pois bem. Há várias técnicas eficazes e já experimentadas. Uma delas, porém, tem se mostrado eficaz em diferentes situações – desde fazer um bolo ou preparar um prato gourmet, até operações em um quadro de controle eletrônico, incluindo-se neste rol atividades intelectuais de várias naturezas.

A técnica se compõe de quatro passos sequenciais a serem desempenhados entre, digamos, você e a pessoa em treinamento. O pré-requisito é que você domine perfeitamente o conhecimento e a prática que serão comunicados. Vamos à técnica:

  • No primeiro passo, você faz, isto é, desempenha o que deseja transmitir. Seu trainée o observa.
  • No segundo passo, você faz novamente e ao mesmo tempo explica o que está fazendo. O trainee o observa e ouve atentamente a explicação que você dá sobre cada procedimento, à medida que vai sendo executado. Ele recebe sinais visuais e auditivos simultâneos.
  • No terceiro passo, chegou a vez do trainee desempenhar a atividade pela primeira vez. Ele pratica os procedimentos que foram transmitidos, e você o observa, aproveitando para promover as primeiras correções no modo como ele atua.
  • No quarto e último passo, o trainee repete a sequência prática, e desta vez ele deverá explicar cada ação que está executando. Você observa sua prática, corrige-a e acompanha a explicação verbal que ele emite. Ao final deta etapa, você tem a oportunidade de avaliá-lo, elogiar e reforçar positivamente o bom desempenho apreendido.

Essa técnica tem a vantagem de utilizar recursos poderosos da percepção humana de forma harmônica e inteligente: audição, visão, capacidade verbal e prática motora. Teoria e prática se conjugam com o objetivo de transmitir conhecimento que se converterá em resultado de modo mais simples que muitas outras sistemáticas.

Aprender fazendo e explicando leva mais rápido ao domínio do conhecimento e ao alto desempenho.

 

Fonte: Shapiro Consultoria – Blog Profissão Atitude

O livro “Torta de Chocolate não mata a fome – Inspirações para a vida, o trabalho e os relacionamentos”, de Abraham Shapiro, será lançado pela nVersos Editora, em 2012.

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s