Acaiaca inaugura plataforma digital

Até o fim de março, distribuidora pretende oferecer o acervo de e-books brasileiros para varejistas nacionais e internacionais.

Depois de 46 anos atuando como distribuidora de livros físicos, a Acaiaca inaugurou em dezembro sua plataforma para distribuir e-books. Foi uma espécie de “soft-opening”, com um total de 300 títulos eletrônicos incluídos. Agora, o número chega a 600 e deve passar para pelo menos três mil até o fim de março, porção que engloba os e-books mais relevantes do acervo existente no país, calculado em dez mil títulos – só para comparação, a empresa trabalha com 70 mil títulos ativos no mercado de livros físicos.
O objetivo da Acaiaca Digital é atender as principais plataformas nacionais e internacionais de varejo. Por enquanto, foi fechado um acordo de distribuição com a Amazon, varejista on-line americana. Outros estão em processo de negociação, afirma José Henrique Guimarães, presidente da empresa, sem dar detalhes.
O plano de entrar no mercado digital começou há três anos, quando o empresário vislumbrou que as novas tecnologias eletrônicas causariam mudanças radicais na cadeia do livro. O primeiro mês da Acaiaca Digital reforçou a percepção de que as transformações serão aceleradas. “Estou bastante surpreso com a recepção do mercado”, afirma Guimarães. “2012 será um grande ano para o mercado digital no Brasil e a expansão será rápida nos próximos três anos”, diz.
Guimarães chama atenção para o fato de que mais editoras estão dispostas a publicar seus best-sellers e seus títulos novos na versão digital, o que deve ser um incentivo para a leitura de e-books. Além da maior oferta de títulos, o executivo também prevê uma redução no preço das publicações eletrônicas e o surgimento de tablets mais acessíveis.
Entre os serviços prestados pela Acaiaca Digital, estão armazenagem, conversão e distribuição de e-books, gerenciamento das vendas e pagamentos. Para o futuro, há planos de oferecer impressão sob demanda. “No Brasil, ainda se pensa em impressão sob demanda como um serviço para tiragens pequenas. Mas é, na verdade, a possibilidade de as editoras trabalharem com estoque zero”, afirma.
A Acaiaca Digital vai disputar o mercado com outras distribuidoras de publicações eletrônicas já estabelecidas, como a Xeriph, a DLD e a Singular. A distribuidora do grupo Abril, Iba, também deve entrar em operação este ano.
Fonte: PublishNews
Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s