Steven Butterman no Correio da Paraíba

Steven Butterman

O professor Steven Butterman, autor do livro lançado na semana passada pela nVersos, (In)visibilidade Vigilante, falou com o jornalista Giovanni Alves para a matéria “Casamentos gays crescem 30% na PB”, publlicada no último domingo, dia 10, no Correio da Paraíba.

O livro é uma observação crítica da representação midiática da Parada LGBT de S. Paulo. O autor vai mais além e também avalia a questão dos cidadãos LGBT no país, além de oferecer uma instigante visão sobre a nossa cultura no geral. Butterman explicou ao jornalista, entre outras coisas, como uma cultura conservadora e religiosa acaba tornando a vida de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais mais dificil, tanto no Brasil, como em outros países. Butterman também lembra que o Brasil é o país com o maior número de assassinatos homofóbicos no mundo.

“Precisamos reconhecer também o papel do machismo e da consequente rigidez de papéis de gênero”, ele disse, “E quando falo em machismo, não estou apenas apontando o dedo em relação só ao Nordeste do Brasil, ou à Paraíba, nem sobre o País como um todo. Acredito que existe um altíssimo grau de machismo também nos Estados Unidos, contribuindo, ao menos em parte, ao índice significativo de assassinatos homofóbicos e transfóbicos nos dois países.”

 

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s