2X Newton Cannito na Flip 2013

Newton Cannito chega à Flip 2013 com o lançamento de dois livros que prometem balançar as estruturas literárias do país.

O primeiro livro Manual do Bullying, vem para achincalhar, bullyinar e zombar do humor moralista que a cada dia ganha mais fãs. Com tom irônico e bastante ácido, Newton mostra como o moralismo não tem nada a ver com humor e que o mesmo precisa de liberdade e pluralidade para ser bom!

“Seu filho é estranho e vai entrar para a escola? É gordinho, gago, princesinha, lindo, aleijado, fanhoso ou esquisito e torto, mas é o docinho da mamãe e terá que encarar os bárbaros feiosos da escolinha?Você está preocupada com o trauma que o fofo de seu filhinho pode levar para a vida devido ao bullying perverso dos maldosos filhos de seus vizinhos chatos?”

Já Choque de Tropicalismo vem para colaborar com o cinema nacional com a proposta
de tropicalizar e inovar. Para isso, Newton apresenta o cenário atual do cinema, aponta os problemas e expõe ideia para as novas produções.

“O cinema brasileiro é elitista de várias maneiras. A mais óbvia se manifesta nos festivais. Nenhum país do mundo tem tanto festival quanto o Brasil. Isso pode ser bom, desde que o circuito de festivais não se torne uma realidade paralela.”

Com temáticas distintas, a aproximação entre ambas vem da proposta de incentivo à uma produção nacional de qualidade e com diversidade. Seja no humor ou no cinema, Newton Cannito vem contribuir com novas propostas e nenhuma vergonha.

Confira o cronograma completo da Caso do Autor Roteirista na Flip:
Programação

Quarta-feira – 03 de julho

16:30h Abertura da Casa
Exposição-homenagem “Dias Gomes”
Café da Casa do Autor Roteirista
Solário dos Livros

Quinta-feira – 04 de julho

14:30h Encontro com Luiz Fernando Carvalho

Um dos maiores criadores do audiovisual Brasileiro, diretor de obras como “Capitu”, “Lavoura Arcaica”, “Os Maias” e “A Pedra do Reino” se encontra com o público e conversa sobre suas obras e sua fértil relação com a literatura.

Mediação: Manuela Dias – Roteirista de cinema e TV. Em cinema, fez, entre outros, “A hora e a vez de Augusto Matraga”.
Comentários: Thelma Guedes.

16:30h Leitura de trechos de obras de Thelma Guedes.

Com a atriz Maria de Medeiros.

17:00h Encontro com Thelma Guedes

Autora de telenovelas, dos livros de contos “Cidadela Ardente” e “O Outro Escritor”, do livro de poesias “Atrás do Osso” e do ensaio “Pagu, Literatura e Revolução”, sobre a escritora Patrícia Galvão, Thelma Guedes se encontra com o público para conversar sobre seu processo criativo e sobre sua experiência em circular por várias mídias.

Mediação: Newton Cannito, roteirista de séries como “Cidade dos Homens”.

Sexta-feira – 05 de julho

10:00h Exibição do filme “A hora e a vez de Augusto Matraga”

Filme de Vinicius Coimbra baseado em conto de Guimarães Rosa.

Augusto Matraga é um fazendeiro orgulhoso, valente e mulherengo, que está à beira da falência. Sua esposa Dionóra resolve abandoná-lo com a filha do casal, ao receber uma proposta feita por Ouvídio Moura. A situação faz com que Augusto fique enfurecido e parta para a casa de Ouvídio, em busca de vingança. Mas acontecimentos inesperados no meio do caminho mudam seu destino completamente.

Comédia com José Wilker, José Dumont e Chico Anysio
Debate: com Manuela Dias, roteirista do filme

15:00h Dias Gomes e o Realismo Fantástico em Saramandaia
Mesa de lançamento da nova versão da novela “Saramandaia”, original de Dias Gomes, agora reescrita por Ricardo Linhares.

Participação:

Ricardo Linhares – Autor roteirista, escreveu “Meu Bem Querer”, “Agora é que são elas” e o remake de “Saramandaia”.

José Wilker – Premiado ator com dezenas de trabalhos em TV, teatro e cinema. Um dos protagonistas de “Saramandaia”.

Beatriz Rezende – Professora Titular de Poética do Departamento de Ciência da Literatura da Faculdade de Letras da UFRJ.

Mediação: Edney Silvestre, jornalista.
Leitura: Lima Duarte, ator.

Sábado – 06 de julho

10:00h O Humor e os Limites do Humor – Literatura, Cinema e TV
Mesa de debates e leitura de trechos dos autores.

Allan Sieber – Roteirista de “Casseta e Planeta”, cartunista do jornal Folha de São Paulo, criador de Vida de Estagiário (Warner).

Newton Cannito – Roteirista de cinema e TV, séries, entre as quais “Cidade dos Homens” e autor de livros, entre eles “Manual do Bullying”.

Domingos Montagner – Ator de TV e palhaço da Companhia La Minima.

Antonio Tablet – Roteirista do programa “Porta dos Fundos”.

11:30h Lançamento de Livro

– Lançamento do livro “Manual do Bullying”, de Newton Cannito.
– Com a presença do autor e leitura de trechos da obra

14:30h Estética Pop na Literatura e TV

Mesa de Debate e leituras de trechos de obras dos participantes

Autores e pesquisadora da novela “Cheias de Charme” – um dos grandes sucessos dos últimos anos − se reúnem para discutir a estética pop. Literatura, teatro e televisão presentes no debate.

Leusa Araújo – Pesquisadora “Cheia de Charme”, autora de “Cida, a empreguete” e do “Livro do Cabelo”.

Filipe Miguez – Autor da novela “Cheias de Charme”, e do livro “A Vida de Perto”.

Izabel de Oliveira – Autora da novela “Cheias de Charme”.

16:30h A Vez da Literatura

Leitura de trechos do romance “Coisas do Diabo Contra”, de Eromar Bomfim, pelos atores José de Abreu e Domingos Montagner.

17:00h Sentidos do Crime: Formas Literárias de Tratar o Crime na Literatura e TV

Qual o sentido do crime? O que ganha o criminoso? A motivação é apenas social ou também existencial? Construída com autores que trabalham com diversos estilos literários e hipóteses sociológicas, essa mesa apresenta uma painel das formas de representação da violência brasileira.

Com participação de:

Eromar Bomfim – Romancista, autor de “Coisas do Diabo Contra” .

Paulo Lins – Escritor e roteirista. Autor de “Cidade de Deus” e de “Suburbia”.

Luiz Eduardo Soares – Antropólogo e escritor. Autor de “Elite da Tropa”.

Carlos Novaes – Cientista político.

19:00h Lançamento de Livro

– “Coisas do Diabo Contra”, romance de Eromar Bomfim.
– Com a presença do autor.

Domingo – 07 de Julho

10:00h Quem matou o bom roteirista?

A nova lei da TV Paga e o crescimento do mercado audiovisual trouxeram para o primeiro plano dos debates a importância do papel do roteirista. Nessa mesa, gestores públicos, associações e criadores falam sobre a importância do roteirista dentro da indústria e sobre as dificuldades em criar bons roteiros.

Mauricio Hirata – Superintendente Executivo da Agência Nacional de Cinema -ANCINE.

Alfredo Manevy − Secretário Adjunto de Cultura de São Paulo.

Newton Cannito – Presidente da Associação de Roteiristas.

Leticia Muhana – Representante Globosat.

11:30h

Lançamento de livro

– “Choque de Tropicalismo”, de Newton Cannito
– Com a presença do autor.

14:30h Sarau Literário

Leitura de trechos de obras dos autores convidados por atores convidados

Atores Convidados:

Domingos Montagner
José de Abreu
José Wilker
Lima Duarte
Maria de Medeiros
Mariana Ximenes
Ana Pettta

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s