24 livros para ler baseado na sua série favorita (parte 2)

5. Se você amou Seinfeld, devia realmente olhar O Complexo de Portnoy, de Phillip Roth

Se você adora a série sobre “nada” que foi Seinfeld, que espirituosamente explora  as neuroses de seus personagens para conseguir o ouro da comédia, deveria experimentar ler O Complexo de Portnoy obra que tornou Philip Roth um autor de best sellers respeitado. Escrito no formato de monólogos, os hilários problemas do protagonista com sexo e com sua mãe fazem Jerry e George parecerem os mais normais nova iorquinos suburbanos. (Mas não o Kramer, aí seria demais)

 

serie_pronto_7

 

6. Se você curte Supernatural, experimente ler Deuses Americanos, de Neil Gaiman

Viagens pelas estradas dos Estados Unidos? Deuses Americanos tem. Deuses pagãos caminhando por aí normalmente, comprando o jornal, tomando um café? Deuses Americanos tem. Um protagonista que precisa descobrir coisas sobre si mesmo que só quem parece saber são essas entidades? Deuses americanos tem. Entes queridos mortos que deixam segredos para o protagonista responder? Deuses Americanos tem. No fim das contas, o que Supernatural tem e Deuses Americanos não é só uma dupla de galãs protagonistas e últimas temporadas ruins (mas as primeiras eram muito boas!).

 

serie_pronto_6

 

7. Se você amou House of Cards (e como não?) pegue um clássico e leia Ricardo III, de Shakespeare

A versão original britânica de House of Cards retirou suas influências de dois trabalhos de um dos mais conceituados dramaturgos da terra da rainha: Macbeth Ricardo III. Frank Underwood tem todas as marcas dos clássicos antagonistas shakesperianos (incluindo o carisma) e Kevin Spacey, além de um ator fenomenal, já teve uma interpretação teatral de Ricardo III muito elogiada antes. Vamos considerar isso um laboratório para seu papel no Congresso, mr Underwood.

 

serie_pronto_5

8. Se você acompanha Revenge, experimente ler O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas

Não existe história de vingança mais definitiva que O Conde de Monte Cristo. A obra serve de inspiração para praticamente todos os personagens motivados por vingança que vieram depois. Está tudo ali: os planos cuidadosos, o longo tempo de espera cozinhando o ódio, a retribuição lenta e sádica, o disfarce, o prazer cruel do protagonista em se ver quitado com seus inimigos… Não por acaso é uma das inspirações diretas da série, com muitos pontos em comum visíveis.

serie_pronto_8

fonte: Buzzfeed

Anúncios

Deixe seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s